Início | Bio | Transparência | Galeria | Links | Contactos
      English
  OK  
Parlamento
Arquivo
Artigos
Notícias
direitoshumanos
segurancaedefesa
libia
integridadeetransparencia
fiscalidade
submarinos
envc
justicaeassuntosinternos
vistosgold
vooscia
 
 
Notícias
29/10/2018
Comunicado de imprensa: Ana Gomes chefia missão do Parlamento Europeu a Ceuta e Melilla

Bruxelas, 29 de outubro de 2018 - Ana Gomes inicia hoje, 29 de outubro, uma missão da Comissão das Liberdades Cívicas, da Justiça e dos Assuntos Internos (LIBE) do Parlamento Europeu a Ceuta e Melilla, em Espanha, as duas únicas fronteiras terrestres da União Europeia com África.

Esta missão, que é chefiada pela eurodeputada Ana Gomes, é composta por 6 eurodeputados e decorrerá até quarta-feira, 31 de outubro. A missão avaliará a segurança e o respeito pelos direitos humanos em ambas as fronteiras, assim como os sistemas de receção e de integração dos migrantes, em particular no que concerne à situação de menores não acompanhados.

Sobre a situação de pressão migratória nestes dois enclaves espanhóis, Ana Gomes observa: "De nada vale à União Europeia e aos Estados-Membros fecharem-se nas suas fronteiras como fortaleza, atentando contra os direitos humanos, para se protegerem contra o terrorismo, a criminalidade organizada, o tráfico de drogas, a imigração ilegal, o tráfico de mulheres e crianças, entre outras causas de insegurança. Por mais altos que sejam os muros, eles serão sempre permeáveis. Ceuta e Melilla ilustram-no de forma dramática".

De relembrar que na sequência do encerramento das rotas dos Balcãs - através da Grécia - e do Mediterrâneo Central - através do Norte de África com destino a Malta e Itália -, a rota do Mediterrâneo Ocidental, feita por Marrocos e Espanha, é, neste momento, a mais ativa na Europa. Desde meados de agosto de 2018, mais de 26.350 refugiados e migrantes chegaram a Espanha por via marítima, um valor três vezes superior ao número de chegadas nos primeiros sete meses de 2017. Apenas em julho 8.800 refugiados e migrantes chegaram a Espanha, quatro vezes o número de chegadas em julho do ano passado.

A delegação do Parlamento Europeu reunir-se-á com membros do governo espanhol, autoridades locais e representantes das forças policiais. Na agenda estão ainda previstas reuniões representantes das ONGs Melilla Acoge, CEAR, Cruz Roja, UNHCR e Frontera Sur, as quais trabalham diariamente com migrantes e requerentes de asilo em Ceuta e Melilla. Por fim, a missão inclui visitas ao Centro de Menores de La Purísima, em Melilla, e aos Centro de Acolhimento Temporário para Imigrantes.

Os enclaves espanhóis de Ceuta e Melilla estão separados de Marrocos por um muro de lâmina e arame farpado com sete metros de altura que se estende por vários quilómetros. O arame fardo juntamente com o alto aparato securitário nestas fronteiras sobrevigiadas tem motivado a forte atenção internacional sob Ceuta e Melilla desde há décadas.


Para mais informações/comentários:

Gabinete da eurodeputada Ana Gomes
+351 91 933 24 00
+ 32 (0)2 284 7824
anamaria.gomes@europarl.europa.eu
https://twitter.com/AnaGomesMEP
https://www.facebook.com/anagomesmep


Nota
Ana Gomes foi eleita pela primeira vez pelo Partido Socialista para o Parlamento Europeu em 2004, tendo sido reeleita em 2009 e em 2014. Integra, desde 2004, o Grupo da Aliança Progressista dos Socialistas e Democratas (S&D) no Parlamento Europeu. A eurodeputada é, atualmente, a Vice-Presidente da Comissão Especial sobre os Crimes Financeiros e a Elisão e a Evasão Fiscais (TAX3) e membro efetivo da Comissão Parlamentar das Liberdades Cívicas, da Justiça e dos Assuntos Internos (LIBE); da Comissão Especial sobre o Terrorismo (TERR), em que é também a coordenadora do grupo parlamentar socialista S&D; da Subcomissão da Segurança e da Defesa (SEDE); e, ainda, da Delegação à Assembleia Parlamentar da União para o Mediterrâneo (DMED) e da Delegação para as Relações com os Estados Unidos (D-US). Ana Gomes é, desde 2016, responsável pelo acompanhamento do processo democrático e do escrutínio parlamentar na Geórgia, no quadro do Grupo de Apoio à Democracia e Coordenação Eleitoral, desde que chefiou, nesse mesmo ano, a missão de observação eleitoral do Parlamento Europeu às eleições legislativas daquele país do Cáucaso do Sul.

Além disso, a eurodeputada socialista é membro suplente da Comissão de Assuntos Externos (AFET) e da sua Subcomissão para os Direitos Humanos (DROI), assim como da Delegação para as Relações com os Países do Magrebe e a União do Magrebe Árabe (DMAG); da Delegação para as Relações com o Iraque (D-IQ) e da Delegação à Assembleia Parlamentar Euronest (DEPA).

 

 
 
Desenvolvido por: mediaFoundry © 2018 Ana Gomes. Todos os direitos reservados.